Caixa Portátil para Esterelizar EPIs

Saiba Mais

A principal motivação do projeto surge em decorrência da crise mundial de falta de equipamentos de proteção individual (EPI) devido à pandemia de COVID-19. O mundo inteiro assistiu à disputa por EPI’s entre grandes potências mundiais no mês de abril. Somado a este fato, no noticiário do nosso estado, frequentemente foi abordado o problema de falta de EPI’s para os profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate ao COVID-19. Com este cenário a Organização Mundial de Saúde passou a recomendar a utilização de mascaras caseiras pela população em geral e o uso racional de EPI’s por profissionais de saúde e outros profissionais. Diante do exposto começamos a trabalhar na tentativa de construir uma solução que venha a reduzir o impacto da escassez mundial de EPI`s.
A má gestão dos equipamentos de proteção individual (EPI) durante a pandemia COVID-19, com um uso mensal estimado de 129 bilhões de máscaras faciais e 65 bilhões de luvas em todo o mundo, está resultando em contaminação ambiental generalizada. Isso representa um risco para a saúde pública, pois o lixo é um vetor do vírus SARS-CoV-2, que sobrevive por até 3 dias em plásticos, e também tem impactos amplos para os ecossistemas e organismos.
Por isso, construímos o protótipo de uma caixa portátil capaz de esterilizar EPI’s, pra que estes sejam reutilizados com total garantia de sua eficácia de acordo com as orientações da ANVISA emitida na Nota técnica 12/2020. O produto inovador está em fase de submissão de patente.
Procuramos investimento para escalonar o produto e trazer para mercado. O equipamento possui uma ampla aplicação e pode ser usado para esterilizar máscaras, livros, dinheiros, pequenos equipamentos, entre outros.

Inventores:

Nani Carvalho (ILMD/Fiocruz Amazônia)

Profa. Dra. Jaila Dias Borges Lalwani (FCF/UFAM)

Prof. Dr. Eduardo Cotta (ICE/UFAM)

Prof. Dr. Pritesh Lalwani (ILMD/Fiocruz Amazônia) – Coordenador

Que ajudar, colaborar, participar ou saber mais dos nossos estudos, entre em contato.

Leave a Reply

EnglishPortugueseSpanish
%d bloggers like this: